Última hora

Última hora

Alemanha e França empurram EUA para acordo anti-espionagem

Em leitura:

Alemanha e França empurram EUA para acordo anti-espionagem

Tamanho do texto Aa Aa

Alemanha e França querem fazer, com os Estados Unidos, um acordo contra a espionagem até ao final do ano.

A cimeira de líderes da União Europeia foi dominada pela questão das escutas americanas a milhares de registos telefónicos franceses e ao telemóvel privado de Merkel uma situação intolerável:

“Acho que a coisa mais importante é encontrar uma base para o futuro sobre a qual possamos trabalhar. Como frisei hoje a confiança tem de ser reconstruída, o que implica que a confiança foi severamente abalada. (…) Obviamente que as palavras não serão suficiente. é necessária verdadeira mudança”, afirmou a Chanceler alemã.

Ainda que Hollande não saiba se estava ou não sob escuta este escândalo é, para ele, um problema maior:

“O que está em questão não é se este ou aquele líder, possivelmente, foram vigiados. É saber qual é a extensão do sistema. Porque este sistema inclui líderes, mas também empresas e cidadãos. Portanto, esta é uma questão que ultrapassa as relações que poderíamos ter de Estado para Estado. este é um grande problema.”

Do outro lado do Atlântico as explicações têm sido parcas. Resta saber se Obama vai aceitar as exigências alemãs e francesas e sentar-se à mesa para discutir um acordo anti-espionagem.