Última hora

Última hora

Checos escolhem novo governo

Em leitura:

Checos escolhem novo governo

Tamanho do texto Aa Aa

A República Checa vota entre hoje e amanhã na eleição do futuro governo do país. Os Sociais-democratas, de esquerda, de Bohuslav Sobotka, são dados como vencedores com 26 % das intenções de voto.

Para garantir a maioria no parlamento, deverão aliar-se aos comunistas que não sobem ao poder desde o regime totalitário que terminou em 1989.

Mas a nova força política, ANO, do magnata Andrej Babis, em competição cerrada com os comunistas, deverá ter uma palavra a dizer.

Os escândalos que marcaram o último executivo deixam os eleitores de pé atrás, pelo menos, de acordo com o analista política Jiri Pehe. “Desde o início houve uma grande ligação nos bastidores entre interesses económicos e políticos, facto que prejudicou os partidos políticos e provocou uma espécie de regime de troca de favores. Isso obviamente provoca uma grande resistência das pessoas que vêem nestes partidos um fator de corrupção. Por isso, o tópico principal da campanha eleitoral foi a antipolítica e um ataque aos partidos”, diz.

A acrescentar à mais que provável inexistência de um claro vencedor eleitoral, há ainda a alegada pouca simpatia do presidente Milos Zeman em relação ao anunciado vencedor, o líder dos Sociais-democratas, Bohuslav Sobotka.