Última hora

Última hora

Gronelândia aprova extração de matérias radioativas

Em leitura:

Gronelândia aprova extração de matérias radioativas

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento da Gronelândia votou, positivamente, o fim de décadas de proibição de extração de materiais radioativos, entre eles o urânio.

À margem das dúvidas sobre se a Dinamarca, que tem um ascendente histórico sobre a Gronelândia, terá de aprovar esta decisão, as autoridades locais não têm dúvidas: esta é uma forma de criar emprego e de tirar a economia de um impasse.

“Vai ter uma grande importância, mesmo na fase de projeto. A empresa espera faturar cerca de 9 mil milhões de euros. O PIB da Gronelândia é de 12 mil milhões o que significa que quase duplicaria. Terá uma grande importância para a sociedade deste país”, afirmou Jens-Erik Kirkegaard, ministro da Indústria e Minerais da Gronelândia.

Mas esta é uma questão polémica, para os ambientalistas a exploração de urânio na Gronelândia pode ameaçar o sistema ecológico primitivo da região do Ártico.