Última hora

Última hora

Líbia julga crimes de guerra

Em leitura:

Líbia julga crimes de guerra

Tamanho do texto Aa Aa

Os julgamentos do ex-chefe dos serviços secretos, do Primeiro-ministro e do filho de Muammar Khadafi vão decorrer em Trípoli. Uma decisão tomada por uma instância judicial do país depois de, na semana passada, o Tribunal Penal Internacional ter decidido que a Líbia pode julgar estes casos.

“A decisão do Tribunal Penal Internacional dá legitimidade à Líbia para julgar Abdullah Al-Senoussi num tribunal líbio, e esta é a primeira vez, na história do Tribunal Penal Internacional, que este desiste das suas competências, em benefício de um sistema judicial nacional”, explica al-Seddik al-Sur, vice-procurador-geral.

Al-Senoussi, o chefe dos serviços secretos de Khadafi, já recorreu da decisão e pediu ao juiz para que o julgamento não comece até o processo de recurso estar resolvido.

Nas ruas, à margem do julgamento, e da enorme instabilidade que o país vive, os populares festejam os dois anos passados desde a revolução.