Última hora

Última hora

República Checa: Projeções dão vitória a sociais-democratas num parlamento dividido

Em leitura:

República Checa: Projeções dão vitória a sociais-democratas num parlamento dividido

Tamanho do texto Aa Aa

As legislativas antecipadas na República Checa deixam o parlamento sem condições para formar um governo estável. De acordo com as projeções avançadas pela televisão pública logo após o fecho das urnas, os sociais-democratas liderados por Bohuslav Sobotka obtêm a maior votação mas não chegam sequer aos 23 por cento. As sondagens apontavam para um resultado a rondar os 26 por cento.

Os comunistas, com quem os sociais-democratas poderiam forjar uma aliança e que eram dados como a segunda força política mais votada com 18 por cento das intenções de voto, acabam por ser a terceira escolha dos eleitores com uma votação a rondar os 14,5 por cento.

A surpresa da jornada eleitoral, que se realizou sexta-feira e sábado, é a formação recém-criada pelo milionário Andrej Babis que atinge os 16 por cento previstos pelas sondagens.