Última hora

Última hora

"Tempestade da década" provoca dois mortos e um desaparecido no Reino Unido

Em leitura:

"Tempestade da década" provoca dois mortos e um desaparecido no Reino Unido

Tamanho do texto Aa Aa

Nem a sede do governo britânico escapou à maior tempestade da década no Reino Unido. Os ventos fortes e chuvas torrenciais fizeram com que uma grua da construção civil desabasse sobre o tecto do edifício, provocando apenas danos materiais, quando a intempérie provocou já dois mortos e um desaparecido.

Uma adolescente de 17 anos faleceu depois de uma árvore cair sobre a roulotte onde vivia, em Kent, e um homem de 50 anos morreu depois do carro em que seguia ter sido atingido igualmente pela queda de uma árvore.

Do sul de Inglaterra a Gales, os ventos de mais de 160 quilómetros por hora deixaram mais de 220 mil casas sem eletricidade, interrompendo estradas e linhas de caminho de ferro, levando à suspensão de dezenas de voos e de ferry-boats ao longo do canal da mancha.

Junto à costa sul de Inglaterra, um jovem de 14 anos permanece desaparecido depois de ter sido arrastado pela forte ondulação quando praticava surf na praia de Newhaven.

A tempestade deverá atingir esta noite várias regiões da Holanda que já lançou um alerta para o cancelamento de vários voos no aeroporto de Schipol.