Última hora

Última hora

Tesouros raros da civilização etrusca

Em leitura:

Tesouros raros da civilização etrusca

Tamanho do texto Aa Aa

Uma exposição em Paris
procura revelar os mistérios do povo etrusco, uma das mais importantes civilizações pré-romanas.

A mostra explora vários aspetos do quotidiano do conjunto de povos que ocupou a península itálica entre os séculos IX e II AC.

“Esta exposição mostra que não há apenas uma civilização etrusca, um só arte etrusca. Trata-se na verdade de um povo heterógeneo, diverso que integrou várias influências de uma forma que não era normativa ou convencional mas de maneiras diferentes em função das cidades e das épocas”, explicou Vincent Jolivet, do Museu Maillol.

A mostra reúne 250 objetos oriundos de vários museus europeus que permitem compreender a evolução dos povos etruscos ao longo dos séculos até à conquista romana.

São objetos difíceis de interpretar ou dito de outro modo é interessante tentar decifrá-los. Nalguns objetos temos a impressão que se passou algo relacionado com o Egipto, o que pode ser verdades, outros fazem-nos pensar no mundo fenício ou púnico e o mundo grego está naturalmente muito presente”, acrescentou o especialista.

A exposição, intitulada “Etruscos: um hino à vida”, pode ser visitada em Paris no Museu Maillol até 9 de fevereiro de 2014.