Última hora

Última hora

Furacão "Sandy" devastou costa Leste dos EUA há um ano

Em leitura:

Furacão "Sandy" devastou costa Leste dos EUA há um ano

Tamanho do texto Aa Aa

A ilha Ellis de Nova Iorque, a curta distância da Estátua da Liberdade, voltou a receber visitantes esta segunda-feira, um ano depois da devastação provocada pela passagem do furacão Sandy.

A tempestade que fustigou a metrópole norte-americana e a costa Leste dos Estados Unidos tinha inundado o museu da imigração da ilha Ellis, obrigando a um longo trabalho de recuperação.

O superintendente David Luchsinger diz que “é maravilhoso, depois de um ano inteiro sem ver visitantes, estar de regresso e voltar a abrir as portas”.

Um ano depois do furacão que custou a vida a 159 pessoas e destruiu mais de 650.000 casas, as regiões afetadas continuam a lutar para se recuperarem dos efeitos da tragédia, orçados em 37 mil milhões de dólares.

A nova-iorquina Carol Diaz, que vive em Staten Island há 18 anos, viu a sua casa parcialmente destruída pelo Sandy e diz que isso a fez “compreender que não temos o controlo sobre tudo. Podemos encontrar-nos de repente numa situação impensável. Um dia estamos perfeitamente bem e no seguinte estamos desalojados”.

Mais de metade das casas destruídas pelo furacão estavam na região de Nova Jérsia, onde muitos pequenos negócios se viram obrigados a fechar definitivamente depois de não se puderem recuperar economicamente da tragédia.