Última hora

Última hora

Lucros da Apple recuam

Em leitura:

Lucros da Apple recuam

Tamanho do texto Aa Aa

Desilusão do mercado face aos resultados da Apple. Os lucros da empresa tecnológica norte-americana recuaram 8,6% para 7,5 mil milhões de dólares, entre julho e setembro. E isto apesar de, no mesmo período, as vendas terem disparado 26%, em comparação com o mesmo período do ano passado.

No quarto trimestre fiscal, a Apple vendeu 33,8 milhões de iPhones, graças ao lançamento de dois novos modelos. Já o iPad enfrenta uma dura concorrência e as vendas quase estagnaram. Vendeu 14,1 milhões de unidades.

O analista Alex Gauna, do JMP Securities, considera que “o relatório é saudável e contém boas previsões para o trimestre que termina em dezembro. A questão chave que preocupa os investidores é se esta tendência vai manter-se e se a Apple é suficientemente inovadora?”.

No final, a Apple registou a primeira queda anual dos lucros em 11 anos. Os lucros recuaram 11% para 37 mil milhões de dólares.

A empresa liderada por Tim Cook aposta nos novos iPads a tempo da crucial época natalícia e centra-se no mercado asiático. Entre julho e setembro, na China as vendas cresceram 6%, mas no Japão aumentaram mais de 40%, compensando a estagnação no mercado europeu e norte-americano.