Última hora

Última hora

Tempestade fez pelo menos 15 mortos no Norte da Europa

Em leitura:

Tempestade fez pelo menos 15 mortos no Norte da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

A tempestade que atravessou esta segunda-feira o Norte da Europa, da França aos países escandinavos, fez pelo menos quinze mortos.

Só na Alemanha, onde os ventos atingiram os 160 quilómetros por hora, a intempérie fez sete vítimas mortais. Com quatro mortos, a Grã-Bretanha classificou a tempestade como a pior da última década.

Fustigando também a Bélgica, a Holanda e a Dinamarca e seguindo caminho em direção à Suécia, a intempérie perturbou fortemente os transportes ferroviários e ligações aéreas e deixou centenas de milhares de casas sem eletricidade.

No território sueco, os transportes rodoviários também ficaram paralizados e a ponte que liga à Dinamarca foi cortada.

Na cidade portuária dinamarquesa de Esbjerg, um jovem diz que “é uma loucura. É dez vezes pior do que o habitual”.

Uma grande parte das vítimas mortais foram atingidas pela queda de árvores, arrancadas pela raíz pelos ventos violentos que acompanharam a tempestade.

A fúria dos elementos protagonizou imagens assustadoras, como a queda de uma estrutura junto a um prédio da capital dinamarquesa, Copenhaga. Apesar de aparatoso, este incidente não fez no entanto qualquer vítima.