Última hora

Última hora

Rebeldes congoleses retiram para Uganda e Ruanda

Em leitura:

Rebeldes congoleses retiram para Uganda e Ruanda

Tamanho do texto Aa Aa

Os rebeldes congoleses do M23 abandonaram o seu último bastião, a cidade de Bunagana.

A cidade já está sob controle do exército da República Democrática do Congo e das forças das Nações Unidas.

O lider rebelde, Roger Lumbala confirmou o abandono daquela posição. Diz que se trata de uma retirada estratégica, perante a possibilidade de os dois lados do conflito alcançarem um acordo de paz.

Um acordo que pode surgir, segundo Lumbala, no âmbito das negociações, que decorrem no Uganda. Isto, apesar de as duas partes não se sentarem à mesa, há mais de uma semana.

A região de Kivu, rica em minerais, estava ocupada pelos rebeldes, há cerca de dois anos.

Sempre que os combates se intensificaram, as populações locais abandonaram as suas terras, deslocando-se, em massa, para o Uganda.

Isto criou uma situação de crise humanitária que tem preocupado a ONU.

Os guerrilheiros, segundo Roger Lumbala, terão retirado, para o Uganda e para o Ruanda.

Um porta-voz do exército diz que a operação de limpeza vai continuar, nos arredores de Bunagana.