Última hora

Última hora

Arranmore lança a rede a Bruxelas à pesca de soluções

Em leitura:

Arranmore lança a rede a Bruxelas à pesca de soluções

Tamanho do texto Aa Aa

Neily e o irmão Seamus navegam por águas agitadas do Oceano Atlântico e só estão autorizados a pescar lagostas, caranguejos e peixes de isca. Neily é impermeável às condições meteorológicas e resistente às condições de trabalho. Sair às quatro da manhã e voltar às dez da noite é normal para estes pescadores da ilha de Arranmore.

Mas têm agora um problema com a União Europeia e com o Governo irlandês. Todas as gerações da sua família desde o seu bisavô pescaram salmão nestas águas, mas a proibição da pesca do salmão selvagem vinda de Bruxelas e de Dublin em 2006, virou o barco da economia desta pequena comunidade pesqueira.

A ilha está repleta de casas vazias. As famílias de Arranmore tentam pescar um futuro melhor no estrangeiro. Jerry acusa a União Europeia de ter posto em perigo a existência da comunidade. A partir do próximo ano, o Fundo Europeu das Pescas vai apoiar a criação de emprego em pequenas comunidades, como Arranmore. E a pesca artesanal vai ter acesso privilegiado às ajudas. Esta ilha fez agitar as águas de Bruxelas, pelo menos um pouco…