Última hora

Última hora

China e Rússia recusam criação de ecossistemas na Antártica

Em leitura:

China e Rússia recusam criação de ecossistemas na Antártica

Tamanho do texto Aa Aa

Pela terceira vez, as negociações internacionais sobre a criação de santuários marinhos na Antártica terminaram nesta sexta-feira sem um acordo.

A China e a Rússia foram os países a criar mais obstáculos à proteção dos ecossistemas, ameaçados pela pesca e pela navegação.

A convenção, criada em 1982 para cuidar dos recursos marinhos do continente austral, reúne 24 Estados, entre eles Argentina, Brasil, Chile, Espanha e Uruguai, além da União Europeia.

Dois projetos de santuário estavam sobre a mesa com o objetivo de criar uma ampla reserva marinha com uma extensão equivalente à Índia, potencialmente a maior do mundo, povoada por cetáceos, mamíferos marinhos e pinguins, com mais de 16.000 espécies no total.