Última hora

Última hora

Espionagem: Snowden disposto a ir à Alemanha testemunhar

Em leitura:

Espionagem: Snowden disposto a ir à Alemanha testemunhar

Tamanho do texto Aa Aa

Edward Snowden está disponível para ir à Alemanha testemunhar na investigação à alegada espionagem norte-americana à chanceler Angela Merkel. O analista informático, que revelou o escândalo do programa de escutas ilegais da Agência Nacional de Segurança (NSA) dos Estados Unidos, disse a um deputado alemão que está disposto a ajudar nas investigações. Hans-Christian Stroebele encontrou-se em Moscovo com Snowden que mostrou “claramente que sabe muito”. O deputado dos ecologistas, que leva uma carta do analista informático para as autoridades alemãs, acrescentou que este “está disposto a ir à Alemanha”, mas que ainda será necessário acertar os detalhes e condições para essa visita.

Snowden é procurado pela Justiça dos Estados Unidos e a Alemanha recusou-lhe asilo há poucos meses. Mas com a suspeita de que Washington pode ter escutado as conversas de Merkel, a situação mudou.

Entretanto, Snowden encontrou emprego. A partir deste dia 1 de novembro começa a trabalhar num site russo, cuja identidade não foi revelada.

As suspeitas em torno da NSA não param. Revelações recentes asseguram que o ‘big brother’ de Washington intercetou dados de centenas de milhões de utilizadores do Google, Yahoo e terá mesmo espiado o Papa Francisco.