Última hora

Última hora

Israel terá voltado a atacar a Síria

Em leitura:

Israel terá voltado a atacar a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Aviões israelitas terão atacado uma base militar na costa da Síria, segundo afirmaram fontes da administração norte-americana. Telavive não confirma o ataque, mas o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que reúne informações de militantes da oposição, afirma que ocorrem explosões na militar de Sanobar Yaba, em Latakia. Israel, que já realizou vários ataques aéreos à Síria este ano, terá procurado travar o envio de mísseis sofisticados para o Hezbollah, no Líbano.

Entretanto, no terreno, a Síria cumpriu a promessa de encerrar todas as instalações de produção de armas químicas até ao dia 1 de novembro, segundo informou a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPCW). 21 das 23 fábricas declaradas por Damasco foram inspecionadas e tornadas inoperáveis. As duas instalações restantes encontram-se em zonas consideradas perigosas mas os responsáveis asseguram que todo o arsenal químico foi removido.

Nos preparativos para a conferência de paz de Genebra, prevista para dia 23 de novembro, o enviado da ONU para a Síria, Lakhdar Brahimi reuniu-se quarta-feira, em Damasco, com o presidente Bashar Al-Assad, que voltou a exigir o fim do apoio ocidental aos rebeldes sírios.