Última hora

Última hora

Turquia: Manifestações contram contrução de muro na fronteira com a Síria

Em leitura:

Turquia: Manifestações contram contrução de muro na fronteira com a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de turcos manifestaram-se na cidade de Nusaybin, frente à cidade síria de Qamishli, contra a construção de um muro, em alguns pontos da fronteira entre os dois países.
Os manifestantes defendem que o muro, que vai ter uma altura de dois metros e arame farpado, vai dividir famílias, sobretudo curdas, que vivem dos dois lados da fronteira.

As autoridades turcas dizem que esta barreira vai servir para controlar o contrabando e também por questões de segurança, sobretudo enquanto dura o conflito na Síria.

Argumentos que não convencem nem a presidente da câmara de Nusaybin começou mesmo uma greve de fome contra esta construção.

“Colocar um muro aqui vai separar os curdos. Nós sabemos quem está a ser separado. O povo de Nusaybin não vai aceitar. Vamos reagir, a nossa presidente não está sozinha, vai ter apoio.”

“Já o dissemos antes: este muro é uma vergonha, muros à volta do mundo foram derrubado: alguns demorar algum tempo mas foram derrubados. Estamos aqui a lutar para que este não seja construído. Mas se acabar por ser erguido, vai cair. Este não é um muro que está a ser construído numa fronteira, é um muro que está a ser construído para separar os curdos. Queremos que não avance.”

As autoridades turcas negam estas acusações e dizem ainda que nesta altura há milhares de refugiados sírios a cruzar a fronteira para fugir da guerra civil na Síria.
E estimam que 250 mil refugiados sírios vivem em abrigos na fronteira, e outros 250 mil em outras regiões do país, inclusive Istambul e Ancara.