Última hora

Última hora

Reconstrução de L'Aquila: Itália poderá ter de reembolsar 350 milhões de euros

Em leitura:

Reconstrução de L'Aquila: Itália poderá ter de reembolsar 350 milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

A Itália poderá ter de reembolsar 350 milhões de euros a Bruxelas. Em causa está uma má utilização dos fundos comunitários na reconstrução de L’Aquila.

A cidade italiana foi completamente destruída por um sismo, em abril de 2009. Dez mil habitações ficaram em ruínas e mais de 300 pessoas perderam a vida no terramoto.

Graças aos 493,7 milhões de euros do fundo europeu de solidariedade, o realojamento dos habitantes foi feito rapidamente: 5 meses depois, as novas casas foram inauguradas com pompa e circunstância por Sílvio Berlusconi.

Mas agora, uma auditoria da Comissão Europeia dá conta de que os materiais de construção são de má qualidade e que muitos deles foram faturados 158% mais do que o preço de mercado.

Segundo as regras comunitárias, os apartamentos deviam ser cedidos gratuitamente, mas o estado italiano está a cobrar rendas.

Para além disso, Bruxelas suspeita que certas empresas de subempreiteiros têm ligações à máfia.

O centro histórico da cidade, esse, continua por reconstruir.