Última hora

Última hora

Tailandeses protestam contra lei de amnistia

Em leitura:

Tailandeses protestam contra lei de amnistia

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de tailandeses manifestaram-se, em Banguecoque, contra a lei da amnistia, aprovada, na sexta-feira, pela câmara baixa do parlamento.

A concentração ocorreu junto de uma estação de comboios, seguindo-se um desfile, pelas principais ruas da capital.

A nova lei, segundo os manifestantes, pretende passar uma esponja por crimes de corrupção, já julgados pelos tribunais. Uma mulher diz que é preciso lutar:

“Não concordo com o projeto de lei de amnistia. Os que estão na cadeia devem ficar presos, porque o tribunal já tomou uma decisão. Devem ficar na cadeia, de acordo com as leis. Se querem libertá-los, então, todos os presos, em todo o país, devem ser libertados também. Libertem-nos todos. Não há mais prisão, não há mais tribunais. Como podemos deixar que eles governem o país? Temos que sair e lutar!”

No centro da contestação está o ex-Primeiro-Ministro, Thaksin Shinawatra, condenado por corrupção. A lei, segundo os manifestantes, foi feita à medida, para ele.

Shinawatra é o magnata das telecomunicações da Tailândia e um dos grandes financiadores do Manchester City.