Última hora

Última hora

Catalunha prepara-se para proibir animais de circo

Em leitura:

Catalunha prepara-se para proibir animais de circo

Tamanho do texto Aa Aa

A Catalunha poderá tornar-se a primeira região autónoma espanhola a proibir os animais de circo, no seu território.

Uma maioria de deputados da assembleia regional apresentou uma proposta de lei nesse sentido. Denunciam “métodos de amestramentos violentos” e uma vida de “isolamento, castigos, medo e cativeiro” dos animais.

A proposta de lei, apresentada por 5 dos 7 grupos políticos, num total de 107 dos 135 deputados do parlamento regional, deverá começar a ser debatida em breve.

“A Catalunha situa-se, mais uma vez, na vanguarda do respeito dos animais”, congratula-se Carlos Lopez, da associação Libera.

Opinião diferente têm os profissionais das artes circenses. Para Carlos Raluy, diretor do Circo Raluy, “seria uma discriminação que os cidadãos possam ter cãezitos e gatos em casa e nós, no circo, não.”

Na prática, a proposta visa incluir a proibição dos animais de circo na atual lei, na qual o parlamento da Catalunha define os animais como “seres vivos, dotados de sensibilidade física e psíquica”.

A lei data de 2008. Em 2012, a proibição das corridas de touros foi integrada nessa lei. Proibição que entrou em vigor, na Catalunha, em 2012.