Última hora

Última hora

Corpos dos jornalistas assassinados no Mali já estão em França

Em leitura:

Corpos dos jornalistas assassinados no Mali já estão em França

Tamanho do texto Aa Aa

Chegaram na manhã desta terça-feira, ao aeroporto, Charles De Gaule, em Paris, os corpos dos dois jornalistas da Rádio France Internacional, assassinados no Mali.

À espera, além das famílias, estavam o presidente François Hollande, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Laurent Fabius e uma delegação dos jornalistas da RFI.

Em Bamako, a capital do Mali, decorreu, ontem, uma manifestação de tributo aos jornalistas, Ghislaine Dupont e Claude Verlon.

Foram assassinados à porta da casa de um líder tuaregue, na cidade de Kidal, depois de o terem entrevistado.

Os corpos foram encontrados horas mais tarde, a 12 quilómetros de distância, por uma patrulha do exército francês.

Foi desencadeada de imediato uma caça ao homem que já produziu efeitos. Estão detidos 10 suspeitos.

A França anunciou, entretanto, o reforço da sua missão militar, no Mali, com o envio de mais 150 homens.