Última hora

Última hora

Grécia: Quinta greve geral

Em leitura:

Grécia: Quinta greve geral

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia é atingida pela quinta greve geral deste ano apesar de fontes governamentais terem afirmado que as negociações com a “troika”, retomadas ontem, decorrem de maneira “satisfatória” e num “bom clima”.

As principais centrais sindicais convocaram para hoje uma greve geral em protesto contra os cortes e despedimentos.

A Universidade Politécnica de Atenas, sem alunos nos corredores nem aulas, transformou-se numa espécie de cidade fantasma.

Os trabalhadores administrativos encontram-se em greve contra as suspensões compulsivas, uma ação governativa para reduzir o setor público, no quadro das reformas acordadas para o resgate financeiro internacional.

Ontem centenas de trabalhadores administrativos da universidade protestaram junto do edifício do Concelho de Estado.

“Corro o risco de não me licenciar se estas medidas forem avante. Se os “lay-off” forem implementados e tivermos que pagar propinas, não poderei continuara os meus estudos. As dificuldades já são muitas conforme as coisas estão”, disse uma estudante de engenharia.

O acordo para o resgate financeiro exige que governo grego suspenda cerca de 12.500 funcionários públicos. Quem não for absorvido por outros serviços do setor, ficará sem emprego.