Última hora

Última hora

Israel: Liberman foi absolvido e pode regressar ao governo

Em leitura:

Israel: Liberman foi absolvido e pode regressar ao governo

Tamanho do texto Aa Aa

Absolvido e prestes a regressar ao governo israelita. O ex-ministro dos Negócios Estrangeiros de Israel foi, esta quarta-feira, absolvido das acusações de fraude e abuso de poder.

Líder do partido ultranacionalista e aliado chave do Likud no poder, Avigdor Lieberman foi absolvido pela justiça no caso da promoção do embaixador israelita na Bielorrússia, Zeev Ben Arieh, a embaixador na Letónia.

A justiça procurava provar que o embaixador fora promovido em troca de informações confidenciais sobre uma investigação ao financiamento ilegal de campanhas eleitorais que visava Lieberman.

O chefe dos ultranacionalistas demitiu-se em dezembro de 2012 e proclamou sempre inocência num processo que lhe podia ter custado três anos de prisão e sete de inelegibilidade, caso tivesse sido condenado.

O primeiro-ministro israelita já se congratulou pela absolvição do seu aliado. Benjamin Netanyahu espera agora trabalhar com Lieberman “para o bem de Israel”.

Politicamente, Lieberman considera “impossível” qualquer acordo de paz permanente com os palestinianos.