Última hora

Última hora

Turismo pode ajudar Europa a sair da crise

Em leitura:

Turismo pode ajudar Europa a sair da crise

Tamanho do texto Aa Aa

Nove em cada dez executivos da indústria do turismo estão confiantes no futuro. Esta é a principal conclusão dos industriais do setor que se reúnem em Londres esta semana na feira Word Travel Market. E a Europa tem no turismo um dos grandes trunfos para sair da crise. Esta é a convicção de Doros Theodorou, diretor comercial do site da internet Trip Advisor:

“Estamos otimistas quando vemos pessoas cortarem em muitas despesas menos nas viagens. É uma perspetiva otimista para o setor e para a Europa. Há muitas tendências a nível mundial que mostram que muita gente prefere viajar para a Europa em vez de outro destino qualquer.”

A Ásia também surge como um destino preferencial. A Malásia, por exemplo, apostou num marketing agressivo para atrair viajantes a um país que tem recebido cada vez mais visitantes, como explica o ministro da Cultura e Turismo, M Nazri:

“Temos como objetivo para 2014 receber 28 milhões de turistas. Relativamente ao ano passado, trata-se de uma subida de 3 milhões de visitantes. A longo prazo esperamos que os números subam ainda mais. Nós temos um plano até 2020, altura em que esperamos receber 36 milhões de turistas.

2012 foi o primeiro ano em que se registaram mais de mil milhões de viagens. E 2013 promete ser ainda melhor. De acordo com a Organização Mundial do Turismo da ONU este número deve subir 4 por cento.