Última hora

Última hora

Berlim recorda "Noite de Cristal"

Em leitura:

Berlim recorda "Noite de Cristal"

Tamanho do texto Aa Aa

Em Berlim, recordam-se os 75 anos daquela que ficou conhecida como a “Noite de Cristal”. De 8 para 9 de novembro de 1938, centenas de lojas de judeus foram destruidas e incendiadas, tal como as sinagogas da cidade. Ao todo, 30.000 pessoas foram presas e depois deportadas, só nessa noite.

O acontecimento marcou o início da perseguição do regime nazi aos judeus: “Hoje, aqui em Berlim, na Alemanha, convivem pessoas de várias partes do mundo. Elas devem estar felizes por viver aqui e é sempre bom recordar, para que não volte a acontecer nada semelhante”, diz uma habitante da capital alemã.

Para assinalar a data, várias lojas da cidade colocaram cartazes nas montras, a lembrar as montras partidas durante os acontecimentos de há 75 anos.

A “Noite de Cristal” foi o primeiro de uma série de episódios que levariam ao Holocausto. Na altura, os nazis disseram que os motins foram a resposta à morte de um diplomata por parte de um jovem judeu. Hoje, sabe-se que tudo foi organizado pelo regime.