Última hora

Última hora

Dossiê nuclear iraniano sem acordo

Em leitura:

Dossiê nuclear iraniano sem acordo

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou sem acordo a segunda ronda de negociações sobre o programa nuclear iraniano e entre Teerão e o grupo de membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU mais a Alemanha, após três dias de reuniões, literais Genebra.

As negociações prolongadas por mais um dia na tentativa de selar um entendimento histórico permitiram agendar novo encontro para 20 de novembro.

O ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros, Mohammad Javad Zarif defende que foram três dias de intensas discussões e construtivas e de grande progresso concreto embora permaneçam diferenças.

“Eu estava à procura de uma vontade política, determinação e boa-fé, a fim de acabar com essa fase e começar a implementar a primeira fase com o acordo sobre os objectivos e o fim do jogo.”

Os sinais de que a segunda ronda de contactos em Genebra poderia resultar começaram a sexta-feira com a chegada não anunciada do secretário de Estado norte-americano, John Kerry.

“Não há dúvida que estamos mais próximos agora do que quando chegamos, e que fizemos um bom trabalho para as próximas semanas.”

O conteúdo das negociações permanece secreto. A França fez saber que existem alguns pontos de discórdia. Paris quer que Teerão aceite também suspender os trabalhos na central de Arak, cujo reactor de águas pesadas deverá entrar brevemente em funcionamento com capacidade para extrair plutónio.

A correspondente da euronews comenta : “O que parece ter saído da conferência de três dias, é um entendimento geral para futuras negociações que alcançariam por sua vez os objetivos pretendidos de forma rápida e eficiente. Este caminho parece no entanto complicado e moroso”