Última hora

Última hora

Tufão mata mais de dez mil pessoas nas Filipinas

Em leitura:

Tufão mata mais de dez mil pessoas nas Filipinas

Tamanho do texto Aa Aa

Sobe para dez mil o número de mortos causado pela passagem do tufão Haiyan pelo aquipélago das Filipinas.

A estimativa é do chefe da polícia regional da província de Leyte. A maioria dos mortos foi vítima de afogamento, deslizamento de terra e desmoronamento de casas e edifícios.

O super tufão, o mais violento de sempre na região, terá também arrasado entre 70% a 80% da cidade de Tacloban, no litoral leste do país pelo que se estima que o balanço final da catástrofe seja ainda mais negro.

Tacloban é uma região de destroços a céu aberto com milhares de desalojados estradas intransitáveis e cadáveres espalhados por todo o lado.

O Conselho para a Gestão e Redução de Desastres do país informou que cerca de quatro milhões de pessoas de 36 províncias das Filipinas foram afetadas pelo fenómeno, qualificado como supertufão, com ventos que superaram os 240 km/h.

O Haiyan é agora esperado no Vietenam onde deve chegar segunda- feira e embora esteja prevista uma perda de intensidade, receia-se a sua força destruidora.

Em Hanoi a população ativa-se para securizar as suas casas e as autoridades vietnamitas evacauram várias localidades que estarão na rota a tempestade, mais de 200 mil pessoas foram deslocadas.