Última hora

Última hora

Arábia Saudita: Milhares de imigrantes ilegais entregaram-se à polícia

Em leitura:

Arábia Saudita: Milhares de imigrantes ilegais entregaram-se à polícia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Arábia Saudita milhares de imigrantes ilegais entregaram-se à polícia após os violentos tumultos noturnos num bairro pobre de Riade devido à campanha de repressão à imigração clandestina.

Homens, mulheres e crianças abandonaram o bairro de Manfuha, após a polícia ter disponibilizado autocarros, enquanto outros se dirigiram para os centros de acolhimento instalados pelas autoridades para formalizar a sua expulsão.

“Basta! Eles dizem que os etíopes são um problema e que têm de partir. Não nos dão autorização de residência. Estou na Arábia há três anos e meio e agora vou regressar ao meu país”, disse um dos imigrantes expulsos.

“Os sauditas não querem estrangeiros. Querem que partamos”, afirmou um outro.

Na noite de sábado, duas pessoas morreram e mais de 60 ficaram feridas durante confrontos no bairro de Manfuha, onde se concentram imigrantes provenientes na sua maioria do Corno de África.

Estes foram os primeiros incidentes desde o início das expulsões, de clandestinos após o fim do prazo de sete meses que lhes foi concedido para regularizarem a situação ou deixarem o país.