Última hora

Última hora

Desintegração bem-sucedida para o satélite GOCE

Em leitura:

Desintegração bem-sucedida para o satélite GOCE

Tamanho do texto Aa Aa

O satélite GOCE (do inglês: “Gravity field and steady-state Ocean Circulation Explorer”) fez, esta noite, a sua entrada na atmosfera da Terra, de onde saiu em 2009 para cartografar as variações da gravidade terrestre.

Sem combustível desde outubro, sabia-se que o satélite entraria na atmosfera um dia, mas não se sabia onde.

O que resta do engenho, cerca de 25%, terá caído no Atlântico, a sul das ilhas Malvinas.

Esta foi a primeira missão da ESA, a Agência Espacial Europeia, em 25 anos, a fazer uma entrada não controlada na atmosfera. E talvez seja uma das últimas. As regras mudaram entretanto: um acordo internacional obriga, agora, a que os satélites sejam dotados de um sistema de propulsão que os obrigue a cair no mar, longe de eventuais zonas habitadas.