Última hora

Última hora

França: Vozes de guerra nas comemorações do armistício de 11 de novembro

Em leitura:

França: Vozes de guerra nas comemorações do armistício de 11 de novembro

Tamanho do texto Aa Aa

O mundo celebra, esta segunda-feira, o armistício de 11 de novembro, que colocou um ponto final na primeira Guerra Mundial.

Em Paris, as cerimónias ficaram marcadas por vaias ao presidente François Hollande, que depositou a tradicional coroa de flores no Arco do Triunfo, e por confrontos entre manifestantes e a polícia que resultaram em cerca de 70 detenções.

Incapaz de relançar a economia e de reduzir o desemprego, o primeiro socialista eleito para a presidência francesa em 17 anos tem o nível de aprovação mais baixo da história e acabou por ser alvo dos assobios de manifestantes da extrema-esquerda à extrema-direita.

Um pouco por toda a Europa, comemoram-se hoje os 95 anos do armistício da guerra 1914-1918, celebrações que, em França, recordam ainda todos os mortos nos conflitos em que participaram soldados gauleses.