Última hora

Última hora

Poucas expectativas em torno da 19.ª conferência sobre alterações climáticas da ONU

Em leitura:

Poucas expectativas em torno da 19.ª conferência sobre alterações climáticas da ONU

Tamanho do texto Aa Aa

A 19.ª conferência sobre as alterações climáticas, patrocinada pelas Nações Unidas, arrancou esta segunda-feira em Varsóvia. Apesar dos alertas cada vez mais alarmantes da comunidade científica, o encontro começa com expectativas muito modestas em relação a um acordo, numa altura em que o mundo está mais preocupado em lutar contra a crise económica do que contra a ambiental.

O dinheiro para fazer face às alterações climáticas estará no centro das discussões dos próximos 11 dias na Polónia. Foram prometidos aos países em vias de desenvolvimento 100 mil milhões de dólares por ano a partir de 2020, 10 vezes mais do que o apoio que recebem atualmente. É esse “compromisso” que a ONG Care Internacional quer ver reiterado na reunião de Varsóvia.

Espera-se que os delegados dos 192 países participantes consigam ainda lançar as bases para um acordo, a assinar em Paris dentro de dois anos, que estabelecerá as metas para a redução da emissão dos gases que provocam o efeito estufa a partir de 2020, um protocolo para substituir o de Kyoto, assinado em 1997, que as grandes potências poluidoras do mundo não ratificaram.