Última hora

Última hora

Polónia testa técnica para fazer carvão limpo

Em leitura:

Polónia testa técnica para fazer carvão limpo

Tamanho do texto Aa Aa

Na semana em que a Polónia recebe uma conferência global sobre o clima, o país que aposta no carvão como principal fonte de energia, apresentou ao mundo um novo método para fazer carvão limpo. A ideia é complexa, o método é complicado, mas segundo os polacos pode resultar. O carvão é um dos combustíveis fósseis mais poluentes da atualidade, mas os cientistas polacos estão a testar um processo de gaseificação subterrânea de carvão, onde este é extraído como gás metano.

Para isso, na Polónia estão a construir um reator especial para realizar o teste numa mina normal, 400 metros abaixo da terra. O reator será bombeado com uma mistura de gases, ar, oxigénio e vapor de água com o objetivo de queimar 2000 toneladas de carvão a uma temperatura de 1200 graus celsius. Um dos engenheiros que está a testar a técnica, que pretende ser inovadora, explica um pouco melhor as etapas deste processo.

“Estamos no corredor experimental que foi construído especialmente para a gaseificação do carvão. Os preparativos para o processo de gaseificação estão encaminhados, podem ver estes suportes especiais para o gasoduto que vai extrair os produtos. E atrás de nós, há obras para perfurar saídas para o georeator onde o carvão será queimado”, explica Gowarzewski Ryszard.

Depois de passar pelo processo de gaseificação, o gás vai ser extraído da mina já sem pó e alcatrão. Na superfície vai passar por outro processo de limpeza. O resultado destes testes servirá para analisar a eficiência, gastos e ecologia desta técnica de gaseificação subterrânea de carvão. O método é particularmente importante na Polónia, que é um dos maiores poluidores na Europa.