Última hora

Última hora

Cerca de 400 crianças resgatadas de rede de pornografia infantil

Em leitura:

Cerca de 400 crianças resgatadas de rede de pornografia infantil

Tamanho do texto Aa Aa

386 crianças foram resgatas e 348 pessoas foram detidas numa operação global de combate à pornografia infantil.

A operação “Project Spade” teve início em 2010 quando cerca de 200 mil imagens de crianças envolvidas em atos sexuais foram encontradas numa casa perto de Toronto, no Canadá.

Entre os detidos estão professores, médicos, enfermeiras, pastores e padres e pais adotivos.

“As vítimas identificadas nesta operação são mais de 300. Essas 300 crianças tiveram as suas vidas alteradas para sempre. As imagens delas tornaram-se um registo permanente do abuso sexual de uma criança. Nesta operação, as vítimas eram todas pré-adolescentes. Algumas tinham 5 anos. Quando estas imagens de pornografia infantil são publicadas na internet, elas podem continuar a circular para sempre. A criança volta a ser uma vítima, à medida que as imagens são revisionadas de novo e de novo,” relembra Gerald O’Farrell, do serviço de Investigação Postal dos Estados Unidos da América

A polícia canadiana começou a investigar as operações da empresa Azovfilms e do proprietário, Brian Way, em 2010. Way está em prisão preventiva desde 2011.

O Serviço de Investigação Postal dos Estados Unidos da América ajudou a investigar a base de dados da empresa de modo a encontrar produtores e consumidores de pornografia infantil.

Entre os detidos 100 encontravam-se no Canadá e 76 nos EUA. Foram, também, efetuadas detenções na Austrália, Espanha e México.