Última hora

Última hora

Estudantes italianos mostram cartão vermelho a Letta

Em leitura:

Estudantes italianos mostram cartão vermelho a Letta

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de estudantes italianos voltaram às ruas para dizer não à austeridade e aos cortes na educação. Alunos do ensino secundário e estudantes universitários gritaram palavras de ordem contra o executivo liderado por Enrico Letta em cinco cidades italianas. Em Roma pelo menos duas pessoas foram detidas.

“Decidimos lançar um ultimato simbólico ao governo para que ouça as nossas reivindicações: direito à educação e renovação das escolas – necessária para garantir a nossa segurança – que implica um investimento de milhões e milhões de euros”, afirma um estudante.

Outro adianta: “Estão a fazer novos cortes e já não há mais onde cortar. O projeto de Orçamento de Estado para o próximo ano é uma brincadeira”.

As manifestações estudantis em Itália são cada vez mais frequentes. Aos cortes na educação soma-se a falta de perspetivas no futuro num país onde a taxa de desemprego entre os jovens já superou a barreira dos 40 por cento.