Última hora

Última hora

Acordo poderá pôr fim a greve dos trabalhadores de limpeza de Madrid

Em leitura:

Acordo poderá pôr fim a greve dos trabalhadores de limpeza de Madrid

Tamanho do texto Aa Aa

A greve que deixou as ruas de Madrid transformadas numa lixeira pode terminar em breve.

O governo da capital espanhola contratou 200 trabalhadores que, sob escolta policial, começarão este sábado a limpar as principais artérias e parques da cidade.

Depois de uma maratona negocial que entrou pela noite dentro, patronato e sindicatos anunciaram também ter chegado a um pré-acordo sobre uma convenção coletiva que pode permitir pôr fim à greve que dura há 11 dias.

O anúncio surge depois de ter expirado o ultimato da presidente da Câmara de Madrid, Ana Botella, para que as empresas de limpeza começassem a cumprir os serviços mínimos.

O acordo está dependente de novas discussões, este sábado, sobre as centenas de despedimentos anunciados, que estiveram na origem do protesto. Haja entendimento ou não, os sindicatos parecem agora dispostos a retomar a atividade e, se necessário, continuar a luta pela via legal.