Última hora

Última hora

Acidente de comboio no Egito faz 26 mortos

Em leitura:

Acidente de comboio no Egito faz 26 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 26 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, no Egito, consequência de uma colisão entre um comboio de mercadorias e um camião e um miniautocarro.

O acidente ocorreu numa passagem de nível, a sul do Cairo. Segundo as testemunhas e as primeiras investigações, as cancelas estavam levantadas.

“O camião seguia normalmente, o guarda da passagem de nível não estava lá, as campainhas não estavam a tocar, os semáforos vermelhos também não funcionavam, e o comboio embateu no camião e no miniautocarro”, explica uma testemunha.

Esta versão é desmentida pela empresa de caminhos-de-ferro egípcios, que diz que foram os veículos que forçaram a passagem quando as cancelas estavam a ser abaixadas, nesta zona desértica, 45 quilómetros a sul da capital.

“O desrespeito das regras de segurança, incluindo a falta de manutenção regular, é uma das principais razões para os acidentes de comboio, aqui no Egito, o que leva os egípcios a chamarem-lhes os “comboios da morte”, explica o correspondente da euronews, no Egito, Mohammed Shaikhibrahim.

Em janeiro último, 17 pessoas morreram num descarrilamento; e em novembro de 2012, 47 alunos faleceram, quando o autocarro escolar colidiu com um comboio. Este acidente obrigou o ministro dos Transportes a demitir-se, assim como o diretor dos caminhos-de-ferro.

Mas o pior acidente foi em 2002, quando mais de 360 pessoas morreram num incêndio de um comboio, no Egito.