Última hora

Última hora

Ataque armado contra jornal francês

Em leitura:

Ataque armado contra jornal francês

Tamanho do texto Aa Aa

Dois tiroteios e uma tomada de reféns em menos de duas horas em Paris. Um homem armado é procurado ativamente, desde esta manhã, após ter atacado a tiro o jornal Liberation.

Um fotógrafo assistente de 27 anos foi gravemente ferido e encontra-se hospitalizado com prognóstico reservado.

Os ministros da Defesa e o da Cultura e Comunicação deslocaram-se imediatamente ao local do ataque para condenar o ato e manifestar apoio aos jornalistas.

O responsável pela direção do Liberation lembrou que : “Este nível de violência, este ambiente em torno de uma atividade que é uma profissão como qualquer outra, exceto que ela é essencial para o funcionamento da democracia, deve servir para alertar todos os nossos cidadãos.”

A polícia lançou uma verdadeira caça ao homem na rua da capital francesa. Apenas duas horas após este incidente um outro tiroteio foi registado na a sede do banco Societe Generale da Defesa, sem no entanto ter provocado feridos .

As autoridades pensam poder tratar-se do mesmo suspeito, um homem a rondar os 40 anos de idade, europeu, que sequestrou brevemente um motorista perto no distrito empresarial de Paris. A polícia terá já uma fotografia do indivíduo.

Os três cartuchos recolhidos no Liberation são os mesmos utilizados na última sexta-feira nas instalações de televisão local BFM TV, onde um homem armado tinha feito uso do mesmo tipo de arma mas sem ferir ninguém.