Última hora

Última hora

Nigéria: Regressa a França depois de escapar a raptores

Em leitura:

Nigéria: Regressa a França depois de escapar a raptores

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de um ano nas mãos de uma milícia, um engenheiro francês chegou ao país natal esta manhã. Num aeroporto de Paris, Francis Collomp, que estava sequestrado na Nigéria desde dezembro do ano passado, tinha à sua espera uma comitiva oficial, onde se incluía o primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault.

Francis foi raptado quando trabalhava para uma empresa de energias renováveis em Rimi, no norte da Nigéria.

Foi obrigado a falar num vídeo a relatar que tinha sido raptado. A guerrilha Ansaru, na altura com ligações à guerrilha Boko Haram, tinha reivindicado a autoria como represália pela intervenção francesa no Mali.

Francis Collomp, terá conseguido escapar aos raptores, procurando refúgio num posto da polícia.

O presidente francês felicitou o facto do cidadão gaulês estar livre. Até ao momento, outros sete franceses estão sequestrados na Síria, no Mali e na Nigéria.