Última hora

Última hora

Rússia: Caixas negras do Boeing 737 encontradas

Em leitura:

Rússia: Caixas negras do Boeing 737 encontradas

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades russas estão no terreno a investigar o que terá estado por detrás da queda de um Boeing 737 das Linhas Aéreas do Tartaristão no domingo.

Proveniente de Moscovo, o aparelho despenhou-se na cidade russa de Kazan quando tentava aterrar. Entre as vítimas mortais, todas as 50 pessoas que seguiam a bordo, passageiros e tripulantes, estava o filho do presidente da República do Tartaristão e o chefe regional dos serviços secretos russos, o FSB.

As investigações centram-se em duas hipóteses: erro humano ou falha técnica. De acordo com uma troca de comunicações entre a aeronave e a torre de controlo, o piloto indicou ter um problema de configuração de aterragem.

Foi realizada mais do que uma tentativa de aterragem, na altura sopravam ventos fortes e os termómetros registavam temperaturas negativas.

Segundo os investigadores, o avião caiu de forma perpendicular à pista e de seguida o depósito de combustível terá rebentado, de acordo com os investigadores. As caixas negras já foram encontradas.

Os pilotos eram experientes. O avião tinha 23 anos.