Última hora

Em leitura:

"Mensagem para o Irão": testemunho de uma jornalista libanesa sobre os atentados em Beirute


Líbano

"Mensagem para o Irão": testemunho de uma jornalista libanesa sobre os atentados em Beirute

A euronews contactou, por telefone, Neyla Chehwan. A jornalista libanesa conta o que viu e o que ouviu pessoalmente, no local dos atentados desta manhã, em Beirute:

“Quando chegámos ao local, havia corpos carbonizados, espalhados pelo chão. Eu própria vi mais de uma dezena de vítimas.

O lapso de tempo que separou as duas explosões foi de cerca de 30 segundos.

Houve uma troca de tiros entre a segurança da embaixada do Irão e os atacantes. Os atacantes não conseguiram alcançar a embaixada. O objetivo, evidentemente, era a embaixada iraniana. Mas não conseguiram alcançá-la. Falharam.

Os deputados do ‘Desenvolvimento e Libertação’ e do ‘Bloco de Resistência’, [partidos pró-iranianos, próximos do Hezbollah], chegaram rapidamente ao local e disseram tratar-se de uma mensagem para o Irão, por causa do papel que desempenha na região. Insistiram tratar-se de uma mensagem contra a forma como o Irão está a fazer política na região.”

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Sardenha em estado de emergência após passagem do ciclone Cleópatra