Última hora

Última hora

Itália: Opositores à ligação ferroviária Lyon-Turim entram em confronto com a polícia

Em leitura:

Itália: Opositores à ligação ferroviária Lyon-Turim entram em confronto com a polícia

Tamanho do texto Aa Aa

Seis centenas de opositores ao projeto ferroviário Lyon-Turim entraram em confrontos com a polícia, no final do dia, em Roma.

Os participantes no protesto concentraram-se na praça Campo del Fiori e em seguida tentaram desfilar até ao bairro onde se reuniam o chefe do governo italiano e o presidente francês. A polícia impediu a marcha por falta de autorização e foi alvejada com “cocktails molotov” e outros objetos.

Os opositores à linha transalpina consideram o projeto um desperdício de dinheiro público e afirmam que os milhares de milhões de euros necessários à sua conclusão seriam mais bem aplicados na ajuda às famílias necessitadas.

O primeiro-ministro italiano, Enrico Letta, recebeu esta quarta-feira o presidente francês, François Hollande, para uma cimeira franco-italiana na qual o projeto foi abordado.

O projeto de ligação ferroviária entre as cidades de Lyon, em França, e Turim, em Itália, através de um túnel alpino, foi lançado em 2001 mas encontra-se atrasado. A conclusão está prevista em 2025. Ambos os governos consideram a ligação fundamental para o tráfego de mercadorias.