Última hora

Última hora

Rússia encerra Master-Bank

Em leitura:

Rússia encerra Master-Bank

Tamanho do texto Aa Aa

O banco russo Master-Bank foi encerrado e a sede alvo de buscas, devido a suspeitas de branqueamento de capitais e financiamento do terrorismo.

O Master-Bank é um dos cinco maiores bancos da Rússia pelo número de cartões e caixas multibanco e 39° em termos de depósitos de particulares. Um dos membros do Conselho de Administração era Igor Putin, primo do presidente russo.

A licença foi retirada pelo Banco Central da Rússia, que diz ter detetado várias infrações à lei, num inquérito em curso há mais de um ano.

Face à Duma, Elvira Nabiulina, governadora do banco central, explicou que “os depósitos estão garantidos no máximo de 700 mil rublos”, o equivalente a 15 800 euros” e que “os clientes poderão começar a retirar o dinheiro a 4 de dezembro”.

O encerramento do banco, criado em 1992, vai custar ao estado russo o equivalente a 680 milhões de euros, a maior soma paga na história do organismo de garantia de depósitos.

As autoridades explicam também que banco tem um buraco financeiro de cerca de 45 milhões de euros.

O encerramento do Master-Bank está a ser visto como um sinal de que a nova governadora do Banco Central pretende endurecer a regulação bancária, depois de o predecessor ter reconhecido a existência de provas de operações massivas de branqueamento de capitais.