Última hora

Última hora

Sardenha tenta recuperar do trauma

Em leitura:

Sardenha tenta recuperar do trauma

Tamanho do texto Aa Aa

A população da ilha italiana de Sardenha tenta recuperar do trauma infligido pela passagem do Ciclone Cleopatra.

Centenas de pessoas estão realojadas em hotéis, ou ginásios de escolas, outras procuram limpar e reconstruir o que a tempestade devastou.

A polícia vigia as áreas sinistradas para evitar os furtos podendo contar com o apoiao dos militares no terreno, mesmo assim a população queixa-se de muitas falhas por parte das autoridades antes e depois da catástrofe.

“Meu namorado e eu escapamos a nado através das janelas e conseguimos subir. Depois a minha irmã e seu marido vieram para nos ajudar a sair de Cagliari. As autoridades dizem que o exército está aqui para ajudar, mas aqui nós não vimos ninguém”.

Um novo alerta meteorológico foi divulgado ontem à tarde para a Sardenha , mas desta vez menos grave do que atingiu a ilha na segunda-feira.

Em Olbia, a cidade mais castigada pela intempérie, 13 pessoas morreram, incluindo três de um familiar morto no colapso de uma ponte.

Os funerais das primeiras vítimas decorreram esta quarta-feira num ambiente de profundo pesar