Última hora

Última hora

ADN confirma identidade do atirador de Paris

Em leitura:

ADN confirma identidade do atirador de Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Chama-se Abdelhakim Dekhar, tem cadastro e, segundo a polícia francesa, “é o atirador” de Paris. O Ministério Público francês afirma que o ADN do homem detido esta quarta-feira corresponde às amostras recolhidas nos locais atacados a tiro nos últimos dias por um atirador solitário.

Graças à denúncia da pessoa que lhe dava abrigo, o suspeito foi detido ao final do dia, dentro de um carro, num parque de estacionamento subterrâneo nos subúrbios de Paris.

O homem foi encontrado em estado de semiconsciência, o que leva as autoridades a pensar que terá tentado suicidar-se, como confirmou o ministro da Administração Interna. Manuel Valls espera que agora seja possível “compreender os motivos que o levaram a atacar as redações da televisão BFM, do jornal “Libération” e disparar contra o banco Societé Générale”.

Dekhar já cumpriu quatro anos de prisão por ter sido o homem que comprou a espingarda utilizada no mediático caso Rey-Maupin, um casal ao estilo ‘Bonnie and Clyde’ que matou três polícias e um taxista em 1994 na capital francesa. Desconhece-se, para já, as razões do regresso de Dekhar quase 20 anos depois.