Última hora

Última hora

Crise financeira favorece mercado da arte

Em leitura:

Crise financeira favorece mercado da arte

Tamanho do texto Aa Aa

Arte moderna e artes decorativas, objetos antigos, fotografias, esculturas e carros de coleção: a Feira de Arte e Antiguidades de Colónia aposta na variedade para seduzir os investidores.

Segundo a directora do evento, a crise financeira favoreceu o mercado da arte.

“Neste momento os mercados de capitais estão agitados e as taxas de juro estão baixas, notamos claramente um aumento do interesse pela compra de objetos de arte e pelo investimento antiguidades, objetos de design, são objetos de grande valor”, disse Cornelia Zinken.

Os carros antigos são um dos grandes destaques da feira de arte alemã.

“Não são apenas carros antigos, são esculturas sobre rodas. Têm um design especial e são verdadeiras raridades, são clássicos, no design há sempre influências de várias áreas, não podemos ver os carros como um domínio separado, as viaturas antigas estão associadas à arte”, afirmou a responsável.

A Feira de arte e antiguidades de Colónia é um dos eventos públicos mais importantes para contemplar e comprar obras de arte atuais e antigas provenientes de galerias do mundo inteiro.

A feira pode ser visitada até 24 de Novembro. Os bilhetes diários custam entre 15 e 25 euros. A direcção organiza visitas guiadas.