Última hora

Última hora

Nuclear iraniano: Impasse mantém-se mas acordo pode estar na forja

Em leitura:

Nuclear iraniano: Impasse mantém-se mas acordo pode estar na forja

Tamanho do texto Aa Aa

O impasse mantém-se em Genebra ao fim de dois dias de negociações sobre o nuclear iraniano. Nenhuma das partes quer ceder no que considera essencial.

Atualmente está em cima da mesa um acordo preliminar, com uma duração de seis meses, que permita criar o clima de confiança necessário à conclusão de um compromisso global.

Mas de momento a diferença de posições permanece grande e de ambos os lados, afirmou na quinta-feira o número dois da diplomacia iraniana, Abbas Araqchi.

O projeto de acordo preliminar prevê uma restrição do programa nuclear em troca de um aliviamento das sanções. A negociação é problemática, nomeadamente sobre a questão do enriquecimento de urânio, pelo que esta ronda poderá estender-se até sábado. É que um acordo preliminar seria do interesse de todos, como explica Marc Finaud, do Centro de Genebra para a Política de Segurança: “Há grandes interesses económicos por parte do Ocidente. Se as sanções forem levantadas, o acesso ao mercado iraniano tem um potencial enorme. Em tempos de crise económica isto pode ser importante.”

“Nos corredores do Palácio das Nações correm muitos rumores. Mas nas últimas horas há um que tem crescido de intensidade. Como na última ronda de negociações, os ministros dos Negócios Estrangeiros estariam a preparar-se para voar para Genebra. Um sinal de que, afinal, um acordo pode estar na forja”, conclui a enviada da euronews a Genebra, Fariba Mavaddat.