Última hora

Última hora

1,5 milhões de crianças filipinas em risco de desnutrição

Em leitura:

1,5 milhões de crianças filipinas em risco de desnutrição

Tamanho do texto Aa Aa

A ONU alerta que um milhão e meio de crianças filipinas estão em risco de desnutrição, depois da passagem do tufão Haiyan.

Quinze dias depois da intempérie devastadora, as Nações Unidas elevaram para perto de 350 milhões de dólares a assistência financeira às Filipinas e apelam ao reforço das ajudas alimentares.

A coordenadora das operações humanitárias da ONU, Valerie Amos, disse que “é preciso dar prioridade à assistência médica maternal, para oferecer segurança aos novos nascimentos. Face a ruptura do sistema de assistência médica nacional, estão a ser vigiados possíveis focos de doenças respiratórias, sarampo, polio, tétano ou diarreia”.

O último balanço da tragédia aponta para mais de 5200 mortos e quatro milhões de deslocados devido ao tufão.

O Banco Mundial anunciou esta sexta-feira que duplica para perto de mil milhões de dólares a sua contribuição aos esforços de assistência e recuperação das zonas devastadas no centro do arquipélago filipino.