Última hora

Última hora

Irão e grandes potências obtêm acordo provisório em Genebra

Em leitura:

Irão e grandes potências obtêm acordo provisório em Genebra

Tamanho do texto Aa Aa

Após uma longa e difícil maratona negocial, que se prolongou pela noite dentro, Teerão e as grandes potências mundiais reunidas em Genebra conseguiram chegar a um acordo sobre o nuclear iraniano. Trata-se, no entanto, de um compromisso provisório para os próximos seis meses, enquanto se negoceia um pacto global e definitivo.

O Irão verá aliviadas algumas sanções económicas, mas deve interromper todas as atividades de enriquecimento de urânio acima de cinco por cento, o que impede um eventual uso militar. Os iranianos devem também neutralizar todas as reservas de urânio enriquecido a vinte por cento e suspender a expansão das centrais nucleares e nomeadamente a construção das instalações de água pesada de Arak, que permitiriam a produção de plutónio.

O presidente norte-americano disse que o acordo provisório constitui “uma primeira etapa importante”, que abre a via a “um mundo mais seguro”. Barack Obama afirmou que “pela primeira vez em quase uma década, conseguiu-se interromper o progresso do programa nuclear iraniano. O Irão assumiu o compromisso de suspender determinados níveis de enriquecimento de urânio e neutralizar parte das suas reservas”.

Os Estados Unidos frisaram que Teerão também deverá autorizar a supervisão quotidiana das suas atividades nucleares por peritos da Agência Internacional de Energia Atómica. O ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros sublinhou que o acordo é “apenas um primeiro passo” e disse esperar que conduza ao pleno reconhecimento do direito do Irão em enriquecer urânio.