Última hora

Última hora

Suíços rejeitam limite dos salários mais altos das empresas

Em leitura:

Suíços rejeitam limite dos salários mais altos das empresas

Tamanho do texto Aa Aa

Os suíços foram a votos este domingo num referendo sobre três iniciativas de origem popular.

A primeira, e mais importante, visava limitar os salários mais elevados nas empresas. Ou seja, estes não poderiam ser 12 vezes superiores ao salário mais baixo da mesma empresa.

De acordo com os primeiros resultados nos cantões de Zurique, Genebra e Vaud, três dos mais importantes, esta iniciativa foi rejeitada por respetivamente 66%, 51% e 61% dos eleitores.

A segunda iniciativa, que visava atribuir benefícios fiscais às famílias que escolarizam os filhos em casa, também foi rejeitada em Zurique por 64% e em Genebra e Vaud por 66%.

A terceira e última iniciativa levada a referendo, o aumento do selo de circulação de 40 francos suíços para 100, também não mereceu a aprovação dos eleitores.