Última hora

Última hora

Japão alerta para perigo associado à decisão chinesa

Em leitura:

Japão alerta para perigo associado à decisão chinesa

Japão alerta para perigo associado à decisão chinesa
Tamanho do texto Aa Aa

Uma decisão perigosa. É desta forma que o Japão classifica o espaço de controlo de tráfego aéreo imposto por Pequim no Mar da China Oriental. Do novo mapa fazem parte as ilhas Diaoyu/Senkaku controladas por japoneses e reivindicadas por Pequim.

Tóquio convocou o embaixador chinês que apela à calma.

“Penso que a China e o Japão devem agir com cautela para evitar acontecimentos imprevisíveis” afirma Cheng Yonghua, embaixador chinês no Japão.

A China diz que os aparelhos que cruzarem a zona de identificação são obrigados detalhar o plano de voo e a obedecer às ordens. Tóquio desvaloriza.

“As medidas tomadas pela China não têm validade para o Japão. Pedimos a Pequim a revogação das mesmas já que podem por em causa a liberdade de um voo no espaço aéreo internacional” refere o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe.

A imposição de uma zona de identificação abrange uma extensa área do Mar da China Oriental que incluiu as ilhas Diaoyu/Senkaku, um arquipélago desabitado reclamado pela China, Japão e Taiwan.