Última hora

Última hora

Alemanha: Última ronda de negociações para a "grande coligação"

Em leitura:

Alemanha: Última ronda de negociações para a "grande coligação"

Tamanho do texto Aa Aa

Angela Merkel iniciou esta terça-feira mais uma ronda de negociações com os sociais-democratas, que foi anunciada como a última.

O objetivo destas negociações é a formação de um governo de coligação CDU/SPD, mas os obstáculos mais marcantes ficaram para o fim.

Se o acordo for conseguido, ainda terá de ser submetido à aprovação dos cerca de 470 mil militantes do SPD, no início de dezembro, pelo que nada será, para já, definitivo.

Na rua, manifestantes exigiam democracia mais direta através de referendos que permitissem ser os eleitores a decidir e não os partidos. Ao contrário do CDU de Merkel, os sociais-democratas são recetivos à realização dos referendos.

Caso o projeto da “grande coligação” falhe, como alternativa os conservadores poderiam retomar as negociações com os Verdes, ou novas eleições podem ser convocadas. Teoricamente os conservadores teriam ainda a possibilidade de optar por um governo de minoria tolerado pelo SPD.